domingo, 17 de maio de 2009

Amor de Mãe


Buscamos na vida, o amor verdadeiro, único, alguém que nos proteja e nos ame incondicionalmente, procuramos no mundo a MÃE.
Entre ilusões, frustações e decepções seguimos adiante...
Até um belo dia encontrar... uma pessoa especial, cativante, iluminada, com um SORRISO ENCANTADOR, uma aparência ANGELICAL e sublime, alguém acima do bem e do mal.


Cuidado!!! Você pode estar sobre a mira de uma mente cruel e perigosa....


Ou, não!! Pelo menos, não intencionalmente, o que pode ser ainda pior.
Afinal, existem crimes sem intenção de matar, mas que de qualquer forma, matam...


O inimigo óbvio, é explícito, explosivo, altera-se com frequência, faz ameaças, xinga e declara guerra. Essa espécie de opositor, talvez não represente tanto perigo, pois a falta de auto-controle e inteligência emocional, facilitam a auto-defesa e contra-ataque reduzindo-o a uma figura muito VULNERÁVEL e praticamente inofensiva.


O inimigo mais perigoso, é o conquistador, aquele que te seduz com lisonjas, faz você sentir-se a pessoa mais importante e especial do mundo, te enche de flores, carinhos e mimos. Faz tudo por você, às vezes, não permite que você se levante para buscar uma simples xícara de chá e aos poucos vai te enfraquecendo, minando suas energias, lentamente, em doses homeopáticas até você definhar.


Cada capítulo vem acompanhado de um reforço positivo, sejam presentes, cartas românticas ou festinhas de aniversário surpresa... behaviorismo puro. Talvez por comodidade, muitos evitam compactuar com a realidade em que vivem e preferem o conforto do lúdico. Quando caem na real, já encontram-se sem auto-estima, dependentes, debilitados, em estado totalmente deplorável.
Fim da novela.
AUR REVOIR... Paris!!!
NEXT!!!

Mas como nenhum crime é perfeito, o "criminoso", sempre deixará alguns VESTÍGIOS...
Como MAQUÍAVEL, estes "ANJOS", aparentemente cheios de virtudes, são dotados de várias faces. Muito engenhosos e audazes, arquitetam seus planos malignos de forma fria e calculista. Costumam ser atraentes, possuem alto poder de persuasão, contudo são volúveis, levianos e altamente influênciáveis. Denunciam-se através de contradições e divergências, buscam desesperadamente prestígio social e auto-afirmação. Sem muitas referências ou características próprias, incorporam facilmente aparência física, personalidade ou até mesmo a fala de quem admira. Agem como se fossem plágios mal acabados e apresentam sérios distúrbios de personalidade.
Revelada a identidade secreta, o impostor, começa a apelar e afia suas garras para dominar sua presa de vez...
Daí por diante, a relação se transforma numa guerra declarada, o quadro evolui e o assunto adquire um caráter mais patológico. Nesse estágio algumas situações se evidenciam como: Ciúme, descontrole emocional, agressões físicas e verbais.
Em situações de crise ou conflito, os agressores costumam ser CONTUNDENTES. Justamente, nestas ocasiões, demonstram o seu lado mais sórdido e obscuro.
Inteligentes e bem articulados, são extremamente egocêntricos, vingativos e manipuladores. Mas isso não é necessariamente nenhuma regra.


Mas, relaxa, não é preciso entrar em PÂNICO...


Existem muitas pessoas que vivem em constantes conflitos internos, mudam de visual e humor o tempo todo e chegam até manipular. Nem por isso são necessariamente PSCOPATAS.
Alguns, curtem sexo selvagem e apreciam situações estranhas na hora da transa envolvendo tortura, violência e sadismo... isto, de repente, pode esquentar a relação, e às vezes, não passa de um simples FETICHE. Mas também, isso pode vir a ser um presságio. Então, por via de regra, DESCONFIE.
Não existe uma fórmula confiável para indentificar quem presta e quem não presta.
Mas se você cruzar com alguém que fala mal da própria mãe ou troca de sotaque com uma certa frequência, um conselho:
COOOOOOOOOORRA!!!
Aliás, esta pessoa pode estar muito mais perto de você do que você imagina, inclusive ela pode fazer parte de seu ambiente de trabalho, círculos de amizades, da sua vida pessoal ou familiar.
De repente aquela pessoa adorável, com quem você tem afinidades, vai pra balada, se diverte, divide angústias e troca confidências é a mesma que te conduzirá para o caminho do vício, falência e destruição.
Talvez aquela pessoa que você julga ser sua ALMA GÊMEA, que te faz juras eternas de amor, dorme com você e te leva café na cama pela manhã. Esse alguém, que está sempre ao seu lado, esse ser fantástico o qual você possui uma simbiose sobrenatural, é quem amanhã abrirá as portas do inferno e lhe dirá sorrindo:
Welcome. Enjoy it!!!


Em qualquer setor de nossas vidas, sempre existirão lobos em peles de cordeiro... é preciso cautela.


Enfim, todas essas situações podem ser perfeitamente premeditadas. Ou não.....
Sim. Judas, beijou Jesus...


E você? Acredita realmente que nunca foi traído(a)?


Viiiiiiiiiixe!!! ABAFA...


Nos casos de mentes doentias, depois de algum tempo, é muito comum um "DÉJÀ VU", para o desfecho com o golpe de misericórdia, o ato, geralmente, vem acompanhado de atitudes covardes. Torturadores desse porte, comumente, utilizam-se de recursos e artíficios de sedução como o sentimento mais nobre com a única e exclusiva finalidade de confirmar o exercício de seu poder e controle sobre suas presas. Se preciso for, dizem, um manjado "EU ainda TE AMO", como se fosse um simples "BOM DIA", só para arrancarem de suas vítimas aquilo que desejam. Uma vez satisfeitos, abandonam as sobras, e às vezes, voltam a repetir o mesmo cardápio.
Os fracos, dificilmente resistem aos golpes e se entregam de vez a depressão. Outros encontram a melhor saída na própria AUTO-DESTRUIÇÃO.
Mas quem resiste se fortalece e transforma o veneno em antídoto.


Portanto, muito cuidado com amigos(as), namorados(as) ou até mesmo sua própria mãe.
Isso mesmo, eu disse SUA MÃE.
O amor de mãe é o sentimento mais sublime, verdadeiro e puro que existe. O instinto maternal é tão forte que torna a mãe capaz de doar a própria vida a favor do filho. Essa superproteção é natural e vem acompanhada das melhores intenções. Mas este sentimento tão despretensioso e sincero, às vezes, geram seres limitados ao útero, eternos adultos infantis, incapazes de crescer emocionalmente, portadores da chamada "Síndrome de Peter Pan".


Procuramos em nossos parceiros(as), mesmo que involuntariamente, alguém muito similar aos nossos pais, ou você nunca ouviu falar em "Complexo de Édipo"?
E essa busca é totalmente compreensível, pois, por mais sufocante que possa vir a ser o amor da progênitora, este sentimento, ainda é incontestávelmente, o mais confiável.
Nós, meros mortais, somos mimados sim, e por muitas vezes, não sabemos lidar com a bipolaridade da vida, que as vezes é mãe, às vezes madastra.
Mas calma!
Não fique paranóico(a), como diria Freud: “um charuto, pode ser apenas um charuto”.


Se você se considera um infeliz condenado, primeiro deixe de ser vítima das circunstâncias, e pare de ser negligente consigo mesmo.
lembre-se: As pessoas só fazem com a gente aquilo que permitimos que elas façam. Portanto a auto-sabotagem, nada mais é, que a busca pelo álibi perfeito para justificar a própria infelicidade, e até mesmo atos suicidas...
Então CRIANÇA, não atribua as suas frustações ao mundo alheio...
E lembre-se: Suícidio não é apenas o simples ato de cortar os pulsos ou se atirar do 8°andar... existem várias maneiras de suicidar-se, e isto pode estar diretamente relacionado aos excessos, quer seja no alcool, no trânsito ou até mesmo na vida íntima.
É importante avaliar o histórico de vida das pessoas que nos rodeiam, isso inclui família, relacões anteriores, amizades...
Mas isso talvez, não queira dizer absolutamente nada.
Vivemos num mundo interesseiro, corrupto e medíocre, movido por MATERIALISMO e SEXO.
Vulgarizaram o AMOR.
Se você quer realmente conhecer uma pessoa ... Então dê poder a ela.


Se o estupro for invevitável, relaxe e goze...


Segundo a filosofia budista, "nossos inimigos são nossos maiores mestres..."


Se você realmente acha que está acima do bem e do mal, então, comece a se preocupar. Reveja seus conceitos e faça uma análise sobre o que descobrir a respeito de si mesmo.


E por fim, HONEY, livre-se do cordão umbilical, MOTHERFUCKER!!!
Ahhh!!! E não se surpreenda se um dia descobrir que seu maior oponente é VOCÊ mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário